Escola da Magistratura do Paraná - EMAP

icon
icon
icon
icon
icon
icon


Notícias

Acontece hoje (9/3), no Auditório da Corregedoria-Geral da Justiça (10º andar do Prédio Anexo), o 4º Ciclo da Academia da Magistratura, curso de iniciativa da Corregedoria-Geral, com apoio da Presidên
09/03/2018

Acontece hoje (9/3), no Auditório da Corregedoria-Geral da Justiça (10º andar do Prédio Anexo), o 4º Ciclo da Academia da Magistratura, curso de iniciativa da Corregedoria-Geral, com apoio da Presidência do Tribunal, da Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR) e da Escola da Magistratura do Paraná (EMAP).


Participam da cerimônia de abertura, às 13h, o Presidente do Tribunal, Desembargador Renato Braga Bettega, o Corregedor-Geral da Justiça, Desembargador Rogério Kanayama, o Diretor-Geral da Escola da Magistratura do Paraná -  EMAP, Desembargador José Laurindo de Souza Netto, o 1° Vice-Presidente da Associação dos Magistrados do Paraná (AMAPAR), Desembargador Wellington Emanuel Coimbra de Moura, e também os palestrantes, Desembargador Leonel Cunha e o Juiz Juan Daniel Pereira Sobreiro. 

Nesta edição, a Academia busca fomentar a discussão e a reflexão sobre questões relacionadas à Improbidade Administrativa. Nos últimos anos o tema recebeu especial atenção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que, por meio da Meta Nacional n° 4 para 2017, determinou que se dê prioridade no julgamento dos processos relativos à corrupção e à improbidade administrativa.

Por esse motivo, a atualidade e a pertinência do assunto em debate com as atribuições regimentais desta Corregedoria-Geral da Justiça justificam a escolha do tema.

No primeiro bloco o Desembargador Leonel Cunha discorrerá sobre “Os aspectos práticos do ato de Improbidade Administrativa” e, no segundo, o Juiz de Direito Juan Daniel Pereira Sobreiro falará sobre “Desafios no recebimento da petição inicial e na análise do elemento subjetivo do ato ímprobo”.

O Projeto - assim como o Curso de Práticas Administrativas,  ProMagistratura, CGJ Qualifica, 5 + 5S Primeiro Grau de Jurisdição, Proservidor -  integra a Meta interna n° 7 da CGJ – Gestão de Capacitação, que objetiva a qualificação jurídico-administrativa dos Magistrados e dos Servidores.

A Academia vem sendo implementada desde 2017 pelo Des. Rogério Kanayama, Corregedor-Geral da Justiça, com supervisão da Magistrada Lidiane Rafaela Araújo Martins, Juíza Auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça.

O curso já capacitou mais de 330 (trezentos e trinta)  Magistrados e é ministrado tanto na modalidade presencial como virtual.

Neste 4º ciclo, a Academia é realizada na própria Corregedoria-Geral, o que propicia um ambiente para o aprofundamento e compartilhamento de assuntos jurídicos, e também  permite que os Juízes conheçam  métodos eficientes de organização dos Gabinetes mediante o aprendizado das técnicas de administração do Programa 5+5S (Primeiro Grau), desenvolvido pela Diretora do Departamento da Corregedoria-Geral, Anelisa Martin Batista.

Na sequência, serão apresentadas as ferramentas de análise e controle da produtividade, com apresentação do Núcleo de Estatística e Monitoramento da Corregedoria-Geral (NEMOC), pela Assessora Jurídica Angélica Elisa Gadens, autora do material “Gestão de Unidades Judiciárias”, que também será disponibilizado aos participantes. 

Confira o cronograma completo do evento na página eletrônica da Corregedoria-Geral da Justiça.
TJPR
Voltar