Notícias


AMAPAR destaca a eleição do Diretor-geral da EMAP à presidência da Academia Paranaense de Letras Jurídicas


A AMAPAR destaca a eleição do diretor-geral da EMAP, o desembargador Clayton de Albuquerque Maranhão, como próximo presidente da importante Academia Paranaense de Letras Jurídicas.

Também foram eleitos o professor Carlyle Popp (vice-presidente), a professora Graciela Marins (diretora-secretária) e a professora Rogéria Dotti (diretora-financeira). A deliberação se deu por aclamação dos 35 acadêmicos presentes à Assembleia Geral Ordinária da entidade.

A Academia Paranaense de Letras Jurídicas foi fundada em 4 de novembro de 1998, por iniciativa de juristas com atuação acadêmica e profissional nas mais diversas carreiras jurídicas. Sob forma de Associação Civil, sem fins lucrativos, tem por finalidade institucional promover e estimular o estudo da Ciência do Direito. É composta por 40 membros permanentes, eleitos, na forma estatutária, entre bacharéis em Direito de conduta ilibada e notável saber jurídico e que tenham obras jurídicas publicadas. Clayton Maranhão ocupa a cadeira nº 4, sucedendo ao Conselheiro João Féder e que tem como patrono o des. Ary Florêncio Guimarães. Estava como Vice-Presidente da entidade no último biênio, na gestão do Prof. Carlyle Popp.

Associado da AMAPAR e atualmente Diretor-Geral da EMAP, Clayton Maranhão também é Professor Associado da Faculdade de Direito da UFPR, onde cursou o bacharelado, mestrado e doutorado. Possui um segundo mestrado em Raciocínio Probatório pela Universitat de Girona, Espanha, e pela Università degli Studi di Genova, Itália, onde também cursou especialização em Técnicas de Interpretação e Motivação das Decisões Judiciais, sendo aluno de Riccardo Guastini, Pierluigi Chiassoni, Giovanni Batista Ratti, Maria Cristina Redondo, Jordi Ferrer Beltrán, Carmem Vàzquez, Michele Taruffo, Perfecto Ibañez, Marina Gascón, dentre outros filósofos do direito. Publicou dois livros e dezenas de artigos publicados em periódicos científicos e capítulos de livro.

No Tribunal de Justiça, é membro reeleito no Órgão Especial para o biênio 2021/23, na vaga reservada ao quinto constitucional do Ministério Público, e membro titular da 8a. Câmara Cível. Integrou a Comissão Permanente de Regimento Interno e Procedimento, na gestão do Des. Renato Braga Bettega, e o Núcleo de Gerenciamento de Precedentes, na gestão do Des. Adalberto Jorge Xisto Pereira.

Comentários Facebook

EMAP - Núcleo de Curitiba
01/05/2021

 

Voltar