Notícias


Formatura do curso de preparação à magistratura

O ato que celebrou a formatura do curso de preparação à magistratura, realizado nesta terça-feira, no TJPR, pode ser considerado o desfecho especial de um ano que marcou as comemorações dos 40 anos da Escola da Magistratura do Paraná (EMAP).

Além de homenagens aos professores e alunos formados nos anos de 2022 e 2023, as autoridades presentes ressaltaram, de forma tocante, a importância da EMAP na formação da magistratura paranaense e um alicerce indispensável à comunidade jurídica.

Presidente da AMAPAR, o juiz Jederson Suzin se dirigiu aos cursistas para ressaltar a importância de “se doar”, como característica de conduta profissional e pessoal de magistrados e magistradas. Também destacou a excelência da magistratura paranaense. “A magistratura paranaense é diferenciada e muito se deve à Escola, porque bem preparou a magistratura para o ingresso na carreira”, observou.

Presente ao ato, o 2º vice-presidente do TJPR, desembargador Fernando Antônio Prazeres, que foi diretor-geral da entidade, teceu alguns adjetivos que formam a imagem da EMAP. “Ela é o centro de inteligência do judiciário, isso não pode nunca ser esquecido e sempre valorizado”, disse.

Cumpriu ao diretor-geral da EMAP, Osvaldo Canela Junior, comentar a didática da instituição na preparação aos princípios norteadores da magistratura. “Foram imersos em um processo educacional que ultrapassou as fronteiras do aprendizado técnico, introduzindo-os nos valores fundamentais da justiça, ética e equidade”, apontou.

A juíza Rafaela Mattioli Somma, supervisora pedagógica, lembrou os diferenciais da EMAP. “O curso que vocês fizeram foi preparado para que estejam prontos não somente para ingresso na carreira da magistratura, mas para exercerem, efetivamente, a função de magistrado”, acrescentou.

Diretora do núcleo de Curitiba, a juíza Caroline Fontes Vieira trouxe luzes aos formandos para que consigam acolher dúvidas e também sonhos, além de evidenciar a singularidade da EMAP. “Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas, a nossa EMAP é mais do que uma simples escola, ela é a casa e o sonho de todo magistrado e magistrada paranaense”, disse. Também discursaram na solenidade a aluna Júlia Dinah Vaz Gonçalves (oradora) e o professor Thiago Flores Carvalho (paraninfo). A formatura da EMAP contou, ainda, com a participação de demais magistrados, magistradas, professores, professoras, familiares e amigos dos alunos e alunas.

Gravação da Formatura

Comentários Facebook

Escola da Magistratura do Paraná
14/12/2023

 

Voltar